top of page

Materiais Diversos

Você sabia que, assim como nós, os objetos também podem passar por um procedimento de Raios-X? Mas como isso funciona? Bom, os Raios-X trabalham com a radiação, que é a propagação de energia. Se você já fez um exame de Raios-X, você deve se lembrar que ele é sempre feito em uma sala ou espaço fechado, de modo semelhante, esse processo nos objetos também será realizado em uma câmara fechada, capaz de isolar a peça analisada lá dentro. Isso ocorre justamente para delimitar o espaço pelo qual esses raios espalharão energia. Uma vez que o material está isolado e cercado pelos feixes de Raios-X, o contato com esses raios e a liberação de energia fará com que os diferentes materiais que compõem o objeto reajam de maneiras diferentes e específicas.

 

Logo, assim como podemos prever a reação de um amigo a um susto ou identificar qual dos nossos amigos levou um susto pelo grito, as reações dos materiais que compõem o objeto analisado também são esperadas, sempre as mesmas para um mesmo elemento e individuais no sentido de que nenhum elemento tem a mesma reação que o outro, sendo assim possível identificar a quem pertence a reação e portanto saber quais elementos estão presentes na composição da peça.

 

Diferente do exame de Raios-X em pessoas, o processo de Fluorescência de Raios-X nos objetos e materiais não deixa para trás uma espécie de imagem do que foi visto, mas pode criar um gráfico bem expressivo e gerar as porcentagens da quantidade de um determinado material na composição do objeto.

Materiais diversos 2.JPG

Quer saber mais sobre as nossas soluções?

bottom of page